Banner Anúncie na Freebike - Topo

Primeira Camisola Amarela do 38.º Grande Prémio ABIMOTA vai para Vicente de Mateos Destaque

Primeira Camisola Amarela do 38.º Grande Prémio ABIMOTA vai para Vicente de Mateos

Vicente García de Mateos, da Louletano/ Hospital de Loulé, venceu ontem, dia de feriado nacional, a 1.ª etapa do 38.º Grande Prémio ABIMOTA, que ligou Proença-a-Nova a Belmonte, num total de 147,5 km. A vitória do espanhol resultou também na conquista da Camisola Amarela, que pretende defender até Águeda, cidade que vai acolher a quarta e última etapa da prova que se disputa este domingo, dia 18 de Junho.

Num dia marcado pelas elevadas temperaturas, e que, para o diretor da prova, Vital Almeida, terá sido “o único contratempo com que quer os corredores como a organização se depararam”, a festa do ciclismo saiu à rua, para disputar as oito camisolas do Grande Prémio ABIMOTA, que conta este ano 38 edições.

O homem do dia, Vicente de Mateos, a quem o calor não assustou, estava visivelmente satisfeito com o resultado obtido no final da 1.º etapa. Foi sempre na frente do pelotão ao longo de grande parte da corrida, chegando a integrar o grupo de corredores que seguiam na fuga logo desde o início da prova, não mais deixando os corredores da frente, acabando por se destacar e isolar-se após passar Castelo Branco .

“Foi uma etapa muito dura, com subidas, descidas e calor à mistura. Pensava que ganhar seria uma loucura mas consegui acabar na frente. Vou tentar defender a Camisola Amarela e o tempo que fiz penso que é suficente para chegar a Águeda com ela vestida e conseguir a vitória final”, referiu o espanhol da Louletano/ Hospital de Loulé, bem confiante.

Para o diretor da equipa, Jorge Piedade, “esta vitória foi muito importante tanto para a Louletano/ Hospital de Loulé como para o corredor, por conseguimos ganhar uma margem de tempo suficiente para discutir o 38.º Grande Prémio ABIMOTA”. E continuou: “Vamos lutar com todas as forças para levar a Camisola Amarela até Águeda. Conheço o potencial do Vicente de Mateos e fazendo uma análise do pelotão, acreditei sempre, naqueles últimos 10 km, que ele podia sair vitorioso”.

De referir que Vicente de Mateos lidera ainda a classificação por pontos, a classificação de montanha e da Camisola Bolinhas – Meta Bolinhas. Nas restantes classificações, as Metas Volantes foram conquistadas por Daniel Freitas, da W52/ FC Porto e Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros/ Carglass), na Classificação Geral Juventude foi o corredor que ficou na frente.

No que diz respeito à classificação coletiva, a Louletano/ Hospital de Loulé está no topo da tabela, seguindo-se a EFAPEL e em terceiro lugar a espanhola E.C.CARTUCHO.ES-MAGRO.

Para o diretor da prova, o balanço da etapa inaugural “é positivo e desportivamente foi muito bom”. Contudo, o calor causou “estragos na caravana, que teve 21 desistências ao longo da etapa e ao que parece vai manter-se até domingo, sendo difícil prever o que pode acontecer até lá”.

Hoje, sexta-feira, o 38.º Grande Prémio ABIMOTA continua com a 2.ª etapa, que sai de Penamacor (EN 233) às 12.30 horas e chegará ao Sabugal pelas 16 horas. Os corredores das 15 equipas vão pedalar 144,5 km, de novo com temperaturas muito elevadas, o que vai dificultar mais a prestação de cada um. Durante o percurso, Penamacor, aos 26,3 km, recebe nova passagem para fazer a Meta Autarquias, seguindo viagem a caravana ciclista até à Meta Volante, aos 50,7 km no Casteleiro (Sabugal). A única Meta Montanha vai surgir aos 73,7 km, na Aldeia Histórica de Sortelha. A Aldeia do Soito (Sabugal) é brindada com a Meta Bolinhas, aos 119,5 km e mais à frente vem a Meta, para fechar mais um dia de prova.

RESUMO DA ETAPA:

- 109 corredores;

- 21 desistências;

- 8 corredores eliminados;

- 1 corredor não compareceu e não participou.

CLASSIFICAÇÕES:

1.ª Etapa: Proença-a-Nova – Belmonte: 147,5 km

1.º Vicente de Mateos (Louletano/ Hospital de Loulé)

2.º Filipe Cardoso (Rádio Popular/ Boavista)

3.º Frederico Figueiredo (Sporting/ Tavira)

4.º Davide de la Fuente (Louletano/ Hospital de Loulé)

5.º João Rodrigues (W52/ FC Porto)

6.º Rafael Silva (EFAPEL)

7.º Luís Mendonça (Louletano/ Hospital de Loulé)

8.º César Fonte (LA Alumínios/ Metalusa/ Blackjack)

9.º Jesus Del Pino (EFAPEL)

10.º Gaspar Gonçalves (Liberty Seguros/ Carglass)

Modificado emsexta, 16 junho 2017 14:33

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo

 

Sponsor Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1
×

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja o primeiro a receber as nossas novidades.

Consulte os nossas Políticas de Privacidade & Termos de Utilização
Pode deixar de receber a nossa newsletter a qualquer momento