Banner Anúncie na Freebike - Topo

Nove títulos master de fundo atribuídos em Reguengos de Monsaraz Destaque

Nove títulos master de fundo atribuídos em Reguengos de Monsaraz

Reguengos de Monsaraz foi a capital do ciclismo master, neste fim de semana, com a disputa dos campeonatos nacionais de estrada.

Ontem foram atribuídos cinco títulos de contrarrelógio e hoje foram conhecidos os nove campeões de fundo.

A corrida amadora de elite foi a única que se decidiu ao sprint, num pódio totalmente composto por homens da Casa do Benfica de Almodôvar/Swick Drilling. O primeiro foi Valdemar Teixeira, seguido por David Belo e por Dominic Mestre.

Rui Resende (Precious Space/Soutense/C. Fisioterapia) venceu a prova de master 30, com 12 segundos de vantagem sobre Pedro Pinheiro (Róódinhas/Santos Silva) e com 14 segundos relativamente a Davide Garrido (CE Gonçalves/Azeitonense).

Em master 35 impôs-se Luís Lameira (Skoda Irmãos Leite/Tourencinho), que se adiantou 5 segundos a Carlos Gomes (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra CC) e 16 segundos face João Mariano (Marques & Pereira/EM3/Os Beirões).

Nuno Manso (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra CC) ganhou isolado em master 40, deixando os mais diretos perseguidores a 1m41s, sendo acompanhado no pódio por Rui Rodrigues (ASFIC/Grupo Parapedra) e por Marcos Barbosa (Chão das Donas/Burguer Ranch).

Em master 45 também foi um aventureiro solitário que celebrou o triunfo. Humberto Xavier (Peçamodovar/GF Pinto/CD Almodôvar) ganhou com 1m51s sobre Alberto Amaral (Batotas/Ponte de Lima) e com 1m55s sobre Tiago Silva (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra CC).

Vítor Lourenço (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra CC) fez a dobradinha em master 50, juntando o título de fundo ao de contrarrelógio. Chegou isolado, 42 segundos antes de Luís Gomes (Casa do Benfica de Almodôvar/Swick Drilling) e 45 segundos adiantado face a José Rosa (Ser e Parecer Pro Bike Team).

Em masters 60 as diferenças foram mínimas entre os primeiros. Leonardo Sousa (360ºBikeTrail/Mundimat CC Aldeia de Paio Pires) ganhou, com 2 segundos de vantagem sobre José Costa (CRCN-Neves) e com 3 segundos face a João Sovelas.

Daniel Barbosa destacou-se em master 60, graças à vantagem de 2 segundos que conseguiu sobre João Pinto (Boavista/Servigás/Duobike/NAST). O terceiro, a 10 segundos, foi Manuel Pinto (Saertex Portugal/Edaetech).

Manuel Domingos (Casa do Benfica de Almodôvar/Swick Drilling) conquistou o título de master 65. Deixou o segundo classificado, Vitorino Pereira (Ronda/Restaurante Grelha/Auto Marques), a 6m30s. O terceiro, Joaquim Barreiros (UCA-União Ciclismo do Alentejo), gastou mais 11m06s.

Modificado emdomingo, 24 junho 2018 20:41

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo

 

Sponsor Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1  Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1 Sponsor #1
×

Subscreva a nossa Newsletter!

Seja o primeiro a receber as nossas novidades.

Consulte os nossas Políticas de Privacidade & Termos de Utilização
Pode deixar de receber a nossa newsletter a qualquer momento